segunda-feira, 26 de julho de 2010

A Leitura na Guerra.

O Sofá Cama.

Este colchão de ar,era do Alferes Rui Borges,e na retaguarda aonde me encontro sentado temos a habitação do oficial que sem qualquer distinção era igual para todos os militares,em campanha,estas habitações davam para albergar  pelo menos dois militares...E na guerra no norte de Angola éramos todos iguais,e quando havia a possibilidade de se fazer a montagem de uma tenda com estas condições já evitava que nos caísse a humidade ou a chuva da noite em cima do corpo,mas sempre que chovia não evitava que a água nos viesse entrar pelo chão da mesma a qualquer momento,e para aqueles que não eram portadores do respectivo colchão,disserto que iam sentir a humidade no corpo.Mas estas condições nem sempre eram possíveis mas tudo dependia...

Aproveitando a ausência do oficial,beneficiei deste momento para por a leitura em dia sentado no sofá que pertencia ao oficial de serviço,assim com o livro que estava a ler era do mesmo militar,munido da maquina fotográfica aproveitou para fazer mais uma foto para o alvo.
Nestas andanças era raro quem possuísse destas maquinas para se vir a demonstrar no futuro aquilo que nunca imaginamos que pudéssemos vir a publicar,e entre tantos homens apenas permaneciam duas objectivas...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

O Emfermeiro de Serviço no Posto de Socorros.

Secretária do Medico.

Por este posto de socorros passaram alguns médicos ligados a medicina geral,e já no nosso tempo o Dr Alonso esteve um mês em Luanda a fazer um estágio de estomatologia,e aqui depois,também se passou a praticar o tratamento dos dentes assim como a extracção daqueles que já não se conseguia a recuperação.
Num dos lados sendo o meu lado esquerdo da foto havia um espaço aonde existia quatro camas para doentes que necessitassem de internamento,e também as estantes dos medicamentos,e neste preciso local assisti a alguns contratempos mais desagradáveis,e dois ficou-me na mente para toda a vida...Um civil colono que teve um acidente que ficou debaixo de um tractor que lhe provocou hemorragia, interna e que acabou por vir a falecer...Quando nos apercebermos que existia hemorragia interna foi no momento que nos apercebemos a sangrar pelo pénis.Outro elemento foi um militar da base do Toto que escapou por uns segundos ao ser mordido por uma cobra venenosa...Quando nos apercebemos o militar espumava por todos os lados...Vi o militar a lutar pela própria vida,quando o médico,Dr Alonso lhe aplica o tratamento logo deu sinal de melhoras, devido, ao efeito do medicamento...Vi o militar nos últimos momentos da sua vida,mas o tratamento foi deveras eficaz, e o jovem acabou por recuperar lentamente.
Ainda a historia da macaca que vinha ao nosso posto de socorros a procura de vitaminas...A macaca que o cabo cozinheiro tinha como animal de estimação de vez em quando fazia-nos a surpresa e agarrava as caixas das vitaminas querendo consumi-las a qualquer preço.Historias de vida que por nós passaram...